Brasil nomeia nove atacantes na seleção ofensiva da Copa do Mundo | Notícias Copa do Mundo Catar 2022

Tite não está brincando com sua tentativa de ganhar uma sexta Copa do Mundo para o Brasil no Catar 2022.

Quem esperava que o Brasil pudesse apresentar um elenco sem brilho para o Copa do Mundo no Catar este mês ficará profundamente desapontado com o anúncio da equipe na segunda-feira.

O técnico Adenor Leonardo Bacchi, conhecido como Tite, nomeou nada menos que nove atacantes para sua equipe de 26 jogadores, não apenas destacando seu leque de opções na frente, mas também dando uma indicação do tipo de estratégia ofensiva. podemos esperar ver a equipe de maior sucesso na Copa do Mundo no torneio deste ano no Catar.

“Somos um dos favoritos”, disse Tite a repórteres no Rio na segunda-feira.

Neymar, veterano da seleção brasileira com apenas 30 anos, encontra-se na linha de frente do ataque brasileiro, com o apoio de jovens como Vinicius Jr, Gabriel Martinelli e Rodrygo.

Dani Alves, ex-lateral-direito do Barcelona, ​​de 39 anos, também estava na lista, que inclui oito zagueiros e seis meio-campistas, embora não jogue uma partida oficial há dois meses.

Alves será o jogador mais velho a ser convocado para uma Copa do Mundo do Brasil, mas sua longa história com a seleção e a gestão do vestiário não foram as principais razões pelas quais ele conquistou uma vaga no elenco, disse Tite.

“Ele agrega aspectos técnicos e táticos impressionantes, para ser um organizador, um articulador”, disse o treinador.

Desapontamento

O atacante do Liverpool, Roberto Firmino, ficou de fora do elenco. O meia-atacante do Aston Villa, Philippe Coutinho, também ficará muito desapontado depois que uma lesão no tendão no treinamento no fim de semana o deixará afastado por várias semanas.

O Brasil terá quatro zagueiros – Bremer da Juventus, Marquinhos do Paris Saint-Germain, Thiago Silva do Chelsea e Eder Militao do Real Madrid, deixando de fora Roger Ibanez da Roma, Lucas Veríssimo do Benfica e Gabriel Magalhães, cujo gol do fim de semana colocou o Arsenal de volta ao topo da Premier League inglesa.

Tite deixa o cargo de técnico do Brasil após Copa do Mundo no Catar [File: Ricardo Moraes/Reuters]

A Federação Brasileira de Futebol também anunciou que o ex-técnico do PSG Ricardo Gomes se juntará à equipe técnica de Tite como assistente.

A equipe e Tite se encontrarão em 14 de novembro nas instalações de treinamento da Juventus em Turim, onde o Brasil realizará um treinamento de cinco dias antes de voar para Doha em 19 de novembro.

O Brasil jogará no Grupo G, junto com Sérvia, Suíça e Camarões. Sérvia e Suíça também tiveram o azar de estar na seleção brasileira há quatro anos na Rússia, quando os brasileiros perderam para a Bélgica nas quartas de final. A campanha do Brasil para a Copa do Mundo no Catar começa contra a Sérvia no dia 24 de novembro.

Tite, 61 anos, cujo mentor de infância Luiz Felipe Scolari levou o Brasil à sua última vitória na Copa do Mundo há 20 anos, já anunciou que deixará o cargo após este torneio, após seis anos no comando.

Todo o time do Brasil

Guardiões:

  • Alisson (Liverpool)
  • Ederson (Manchester City)
  • Weverton (Palmas)

Defensores:

  • Daniel Alves (Puma)
  • Marquinhos (Paris Saint Germain)
  • Thiago Silva (Chelsea)
  • Éder Militão (Real Madrid)
  • Danilo (Juventus)
  • Alex Sandro (Juventus)
  • Alex Telles (Sevilha)
  • Bremer (Juventus)

Meio-campistas:

  • Casemiro (Manchester United)
  • Fred (Manchester United)
  • Fabinho (Liverpool)
  • Bruno Guimarães (Newcastle)
  • Lucas Paquetá (West Ham)
  • Everton Ribeiro (Flamengo)

Encaminhar:

  • Neymar (Paris Saint-Germain)
  • Vinícius Jr (Real Madrid)
  • Richarlison (Tottenham)
  • Raphinha (Barcelona)
  • Anthony (Manchester United)
  • Gabriel Jesus (Arsenal)
  • Gabriel Martinelli (Arsenal)
  • Pedro (flamengo)
  • Rodrygo (Real Madrid)